Equalize já, equalize já!


- Eu mal posso esperar pra passar o resto da vida contigo.
- De verdade ou no The Sims?
- De verdade, né?
- Ah tá... vou pedir sua mão com um Cebolitos.
- Aceitarei na hora!


//


We all have a weakness
Some of ours are easy to identify
Look me in the eye

And ask for forgiveness
We'll make a pact to never speak that word again
Yes, you are my friend

We all have something that digs at us
At least we dig each other
So when weakness turns my ego up
I know you'll count on the me from yesterday

If I turn into another dig me up from under
What is covering the better part of me
Sing this song
Remind me that we’ll always have each other
When everything else is gone, oh

We all have a sickness
That cleverly attaches and multiplies
No matter how we try

We all have someone that digs at us
At least we dig each other
So when sickness turns my ego up
I know you’ll act as a clever medicine

If I turn into another dig me up from under
What is covering the better part of me
Sing this song
Remind me that we'll always have each other
When everything else is gone

Oh, each other, when everything else is gone

If I turn into another dig me up from under
What is covering the better part of me
Sing this song
Remind me that we'll always have each other
When everything else is gone.

Oh, each other when everything else is gone
Oh, each other, when everything else is gone.

(Dig - Incubus)

As Seis Fases de um Roqueiro (Por Gilberto Puppet)

"Assumo que ainda possuo um certo bloqueio de escrever por aqui coisas que são tão intrínsecas à cultura musical (sobretudo ao rock independente) com medo de estar me comunicando apenas a um certo feudo, já que a maioria de vocês, linfonautas, não possuem uma relação tão ampla com a rataria e a roqueiragem underground quanto os leitores de minha coluna no Consciência Alternativa (que voltará em breve, com todo o site). Porém, usarei da liberdade que me é dada por aqui para traçar um catálogo 'evolutivo' (e, porque não, psicológico?) que creio ser de muita utilidade para aquelas pessoas que são, conhecem, possuem em casa ou apenas pretendem se informar melhor sobre os estágios evolutivos do Homo Anti Inertia Capillaris, mais conhecido como Roqueiro.


ROQUEIRO NEÓFITO
Neste estágio a espécime ainda está em fase de conhecimento e formação de personalidade roquenrrôulica. Todas as fontes de informações práticas e teóricas sobre o assunto de estudo, o rock, são aproveitadas em caráter altamente quantitativo. Assim, o ser em questão não separa os sons que escuta de maneira hierárquica, sendo muito comum ele ter um case de cds (isso ainda existe?) com Guns n´ Roses, Nirvana, Dimmu Borgir e Charlie Brown Jr, para depois tirar músicas do Cazuza no violão enquanto grava as rimas daquele rapper super famoso antes de cair no baile funk à noite.


ROQUEIRO TRIBAL
Nesta fase a espécime começa a se aproximar de um estilo/vertente/rótulo específico e passa a escutar, agir, falar e se vestir de acordo com a tribo que se identifica mais no mundo do rock. É deste modo que os fabricantes de camisas de flanela garantiram o seu faturamento em cima dos fãs de Nirvana, a Adidas dos fãs do Korn e as de maquiagem feminina em cima dos emos, góticos e hard-rockers. Também é comum existirem tribos híbridas criadas por certos sub-grupos espontâneos, como os dark grunges e nu-metalcorers.
Inclusive já escutei relatos sobre a existência de neopunks-darkcore-psychobangers. Entre em contato com a nossa equipe caso algum de vocês já tenha visto alguma espécime desta, para que possamos tirar umas fotos e obter amostras de DNA a critério de pesquisa e catálogo.


ROQUEIRO DURA CAPTA (ou roqueiro cabeça-dura)
É o roqueiro ultra-ortodoxo, o famoso TRUE. Sabe o nome dos integrantes de todas as bandas que curte, chegando a extremos de conhecer coisas completamente irrelevantes como o nome do carteiro da avó da soprano que fez parte do coral de Bohemian Rhapsody do Queen. Este roqueiro cultua fanaticamente um ídolo, geralmente o vocal da banda preferida, sabendo tudo sobre a vida dele, o que ele pensa, já pensou e irá pensar. Não escuta nada (repito, NADA) que seja diferente do estilo que curte, o que também é comumente conhecido como miopia musical ou síndrome da viseira de cavalo. É o estereótipo do roqueiro de filmes e séries americanas adolescentes.


ROQUEIRO CARTESIANO
Eis que acontece aqui uma mudança paradigmática, gerando uma crise interna que revoluciona o modo de pensar do roqueiro dura capta. Ele se faz indagações filosóficas do tipo 'serei eu roqueiro apenas por gostar de rock?' e contesta a idéia do rock ser o som acima de todos os sons. A espécime ainda sente vergonha de falar para os amigos que curti o LP do Abba que a mãe tem, mas resolve se abrir mais para estilos variados, até admitindo usar roupas que sejam de outras cores e fazer uma coisa que, para a fase anterior, era punida com a excomunhão roquenrrôulica: Dançar.


ROQUEIRO AVANT-GARDE (ou roqueiro de vaguarda/moderninho/descolado)
Temos aqui a volta de um ecletismo que só se via na fase neófita. Este roqueiro não tem mais vergonha de admitir que escuta Madonna, dança o créu na velocidade 5 e que chorou no último show do Chico Buarque. Odeia com todas as forças os roqueiros tribais, os TRUE e qualquer um que use camisas de banda, o que também não é exatamente um sinal de originalidade pois, como o poeta Frederico Latrão diz, 'negar ser rotulado é o que há mais de hype'. Vale também dizer que esta é a fase em que o roqueiro, por se intelectualizar mais (mesmo que pela Wikipedia), se torna mais blasé, pedante, passa a odiar com todas as forças a televisão, Paulo Coelho e cultua Amélie Poulain como o novo Messias.


ROQUEIRO SENEX TRAGOS (ou Roqueiro Bode-velho)
É o Satori do roqueiro. Não necessita mais de atitudes externas para firmar a sua personalidade e ser aceito por um grupo, pois tudo já está solidificado. Não sente mais vergonha de usar bermuda florida e havaianas para ir comprar pão. Se encheu de beber bebida barata, rolar no chão e varar madrugadas ao léu na rua apenas pelo prazer de beber bebida barata, rolar no chão e varar madrugadas ao léu na rua. Trabalha, estuda ou faz as duas coisas ao mesmo tempo. Entende todas estas fases como importantes para a formação completa de um bom roqueiro e olha para elas com tolerância e nostalgia, lembrando delas como 'os velhos tempos' (mesmo que se tenha passado menos de 1 ano). Existem até uns mais orgulhosos e intrometidos que se submetem a traçar uma lista para explicar quais são as seis fases de um roqueiro, ignorando o fato de que existem enormes variantes para esta lista e que as explicações podem ser entendidas como um simples escárnio e crítica destrutiva. Mas não precisam ficar preocupados, porque o roqueiro senex tragos bufa, mas não morde."

(http://linfa-zine.blogspot.com/)




Sim, ando sem inspiração ultimamente e sim, apelo pra bons textos que acho por aí para não deixar esse livejournal com (muitas) teias de aranha.

Pela saco...

"Existem coisas que eu quero falar para o amor - umas delas é que ele é brega. Isso mesmo... BREGA! Ele tem a mania feia de deixar as pessoas abobalhadas e ainda tem a cara-de-pau de me fazer escrever sobre eleDiria também que ele é inconveniente - chegou na pior hora e sem ser convidado.
E, como se não bastasse, me faz sentir aquele friozinho na barriga (costumo chamar isso de energia de ativação do amor). Ele, o amor, é tão mau caráter que obriga o corpo a soltar borboletas no estômago só pra te avisar que você está apaixonado e que não adianta fugir.

.

Sim, estou revoltada com esse sentimento maravilhoso!
Não sou pessimista mas essa frase de Schopenhauer fala, por mim, o por que disso:
'O amor é o objetivo último de quase toda preocupação humana; é por isso que ele influencia nos assuntos mais relevantes, interrompe as tarefas mais sérias e por vezes desorienta as cabeças mais geniais.'"


(Lays Heitz)

 

Medo, sabe? De certas pessoas morrerem, de olhar daqui a 20 anos e ver que tinha muito mais potencial do que usei, de me tornar meus pais (principalmente no relacionamento, muuuuito medo).
o.
  • Current Mood
    bored bored

Mente sã, corpo são;

Tudo começa com um simples pensamento: "Eu posso". Depois disso, tudo fica mais fácil ... o poder pessoal de cada um, a capacidade de fazer algo está diretamente ligada à crença da pessoa em si mesma. Se você acredita que pode levantar uma pedra de 50Kg com as duas mãos, se você realmente acredita nisso, você irá levantar. Alguns irão dizer "Ah tá legal, até parece!" e é aí que está o erro, o fato de você duvidar de algo, torna esse algo quase impossível. É preciso acreditar totalmente, estar totalmente concentrado ... você tem alguma dúvida de que se for uma situação extrema, por exemplo, uma mãe querendo salvar o seu filho que fico preso embaixo de um carro, ela não conseguirá levantar esse carro sozinha? Sim, ela conseguirá, alguns dirão que é por causa da adrenalina, mas eu prefiro pensar que naquele momento ela acreditou totalmente que poderia salvar o seu filho, ela tinha que salvá-lo.



Nossa mente já foi muito sabotada, hoje em dia acreditamos em várias mentiras, usamos várias coisas desnecessárias e acreditamos que sem elas, não viveríamos. Mudar isso é quase impossível, retirar todos os pensamentos desnecessários, todas as barreiras que nos impede de evoluir, nos libertar é um trabalho árduo e demorado, ninguém vai acordar um dia e falar "Eu posso!!" e crer nisso totalmente.


As mudanças vêm aos poucos ... já reparou que hoje todos acreditam que pensamentos positivos ajudam? Isso não acontecia antigamente, mas esse conhecimento veio se enraizando em nossa mente e se alguém nos fala isso hoje, não achamos tão estranho assim.


O caminho do despertar tem seus perigos, como qualquer outro caminho. Você pode se tornar arrogante e parar de evoluir, achando que já é o melhor de todos, tratando todos os outros como se fossem lixo, sem nem ao menos perceber que o que eles fazem, por ignorância, você também já o fez algum dia. A verdade pode te cegar, fazendo com que você enxergue apenas o que quer e ignore outras idéias de outros caminhos, que mesmo que você não use, poderia ser útil em lhe ensinar alguma lição.


Livrar-se das correntes é difícil, mas ficar preso por toda a vida é tortura demais se você souber que existe um outro lado. Depois que você se liberta, não há mais volta, as informações lhe seguirão e a verdade estará onde você menos esperar. A vida se torna tão mais interessante do que nascer, crescer e morrer. Passa-se a viver a vida, aproveitar ao máximo e saber dos próprios limites.


Desperte!! Abra seus olhos e veja o mundo de oportunidades e caminhos que temos mas não vemos. 


(Autor Desconhecido)
  • Current Mood
    thoughtful thoughtful

All you need is love (and you got it)

 
Pensar em tudo que se passou,
que se pode sonhar e não realizou
a vida tentando escapar
mas não por agora

Ao mesmo tempo tanta coisa se amou,
se refez, se perdeu, se conquistou
retratos estampados do nosso amor
em preto e branco pregados na parede
revelando pra sempre a gente,
nosso orgulho um do outro, olhando pra lente,
como quem disesse: não queremos mais nada nesse mundo

E que me lembrasse, a cada instante
que valeu a pena cada lance
e que valerá tenha certeza, pra toda vida...
 
Vou levar, vou te levar
pra onde for, vou te levar
vou levar, vou te levar
pra onde for, vou te levar

  • Current Music
    Lobão - Vou te Levar

Personas

    
                (Dwight Schrute)                                        (Napoleon Dynamite)



"Yes, i love technology but not as much as you, you see. But i still love technology always and forever."

  • Current Music
    Blur - Coffee and TV

Viva a Sociedade Alternativa!

Às vezes você me pergunta
Por que é que eu sou tão calado
Não falo de amor quase nada
Nem fico sorrindo ao teu lado

Você pensa em mim toda hora
Me come, me cospe, me deixa
Talvez você não entenda
Mas hoje eu vou lhe mostrar

Eu sou a luz das estrelas
Eu sou a cor do luar
Eu sou as coisas da vida
Eu sou o medo de amar

Eu sou o medo do fraco
A força da imaginação
O blefe do jogador
Eu sou, eu fui, eu vou

Gita gita gita gita gita!

Eu sou o seu sacrifício
A placa de contra-mão
O sangue no olhar do vampiro
E as juras de maldição

Eu sou a vela que acende
Eu sou a luz que se apaga
Eu sou a beira do abismo
Eu sou o tudo e o nada

Por que você me pergunta
Perguntas não vão lhe mostrar
Que eu sou feito da terra
Do fogo, da água e do ar


Você me tem todo dia
Mas não sabe se é bom ou ruim
Mas saiba que eu estou em você
Mas você não está em mim

Das telhas eu sou o telhado
A pesca do pescador
A letra A tem meu nome
Dos sonhos eu sou o amor

Eu sou a dona de casa
Nos pegue-pagues do mundo
Eu sou a mão do carrasco
Sou raso, largo, profundo

Gita gita gita gita gita!

Eu sou a mosca da sopa
E o dente do tubarão
Eu sou os olhos do cego
E a cegueira da visão

Mas eu sou o amargo da língua
A mãe, o pai e o avô
O filho que ainda não veio
O início, o fim e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio!

Love.

Veio pra me contradizer; pra me ensinar e me aprender.



It's in the water, baby
It's in the pills tha pick you up
It's in the water, baby
It's in the special way we fuck
It's in the water, baby
It's in your family tree
It's in the water, baby
It's between you and me

Bite the hand that feeds
Tap the vein that bleeds
Down on my bended knees

I'd brake the back of love for you

(Placebo - Post Blue)
  • Current Music
    Placebo - Post Blue

Clarice me entenderia.

— Não encontro ainda uma resposta quando me pergunto: quem sou eu? Mas acho que agora sei: profundamente sou aquela que tem a própria vida e também a tua vida. Eu bebi a nossa vida.

— Mas isso não se pergunta. E a pergunta deve ter outra resposta. Não se faça de tão forte perguntando a pior pergunta de um ser humano. Eu, que sou mais forte que você, não posso me perguntar "quem eu sou" sem ficar perdido.

E sua voz soara como a de um perdido. Foi sem sobressalto que ela sentiu a mão dele pousar no seu ventre. A mão agora acariciava suas pernas. Não havia nesse momento sensualidade entre ambos. Embora ela estivesse cheia de maravilhas, como cheia de estrelas. Ela estendeu então a própria mão e tocou-lhe no sexo que logo se transformou: mas ele se manteve quieto. Ambos pareciam calmos e um pouco tristes.

— Amor será dar de presente um ao outro a própria solidão? Pois é a coisa mais última que se pode dar de si, disse Ulisses.

— Não sei, meu amor, mas sei que meu caminho chegou ao fim: quer dizer que cheguei à porta de um começo.

— Mulher minha, disse ele.

— Sim, disse Lóri, sou mulher tua.

A madrugada se abria em luz vacilante. Para Lóri a atmosfera era de milagre. Ela havia atingido o impossível de si mesma. Então ela disse, porque sentia que Ulisses estava de novo preso à dor de existir:

— Meu amor, você não acredita no Deus porque nós erramos ao humanizá-lo. Nós O humanizamos porque não O entendemos, então não deu certo. Tenho certeza de que Ele não é humano. Mas embora não sendo humano, no entanto, Ele às vezes nos diviniza.  



(Clarice Lispector - Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres)

  • Current Mood
    content content

The whole package.

I had no choice but to hear you
You stated your case time and again
I thought about it

You treat me like I'm a princess
I'm not used to liking that
You ask how my day was

You've already won me over in spite of me
Don't be alarmed if I fall head over feet
Don't be surprised if I love you for all that you are
I couldn't help it
It's all your faults

Your love is thick and it swallowed me whole
You're so much braver than I gave you credit for
That's not lip service

You've already won me over in spite of me
Don't be alarmed if I fall head over feet
Don't be surprised if I love you for all that you are
I couldn't help it
It's all your faults

You are the bearer of unconditional things
You held your breath and the door for me
Thanks for your patience

You're the best listener that I've ever met
You're my best friend
Best friend with benefits
What took me so long

I've never felt this healthy before
I've never wanted something rational
I am aware now
I am aware now

You've already won me over in spite of me
Don't be alarmed if I fall head over feet
Don't be surprised if I love you for all that you are
I couldn't help it
It's all your faults.



Porque hoje ele se superou. :}
  • Current Music
    Chemical Brothers - The Salmon Dance